"PORQUE ELES SENTEM DOR E SOFRIMENTO, ASSIM COMO NÓS!"

VOCE PODE COLABORAR! AJUDE!

- A primeira e mais importante forma de ajudar é JAMAIS ABANDONAR UM ANIMAL que esteja sob seus cuidados. Quem adquire um animal, seja para companhia ou para trabalho, deve ter plena consciência de que ele não é um brinquedo. Os animais sentem dor, fome, frio e necessidade de carinho e atenção, como qualquer ser humano. Não é um ser inerte que ao perder a “serventia” pode ser jogado fora.

- Você pode tornar-se sócio da A4-PB. Existem duas modalidades de sócios: os efetivos, e os contribuintes. Os sócios efetivos contribuem com uma mensalidade mínima a partir de R$ 5,00, freqüentam as assembléias mensais da Associação, recolhem as mensalidades dos sócios contribuintes e participam de forma efetiva das atividades desenvolvidas pela A4-PB; o sócio contribuinte não tem nenhuma obrigação além da mensalidade. A través da conta bancária abaixo você pode fazer sua doação em dinheiro e assim estará ajudando a cuidar de animais doentinhos, tristes, abandonados e infelizes.

  • Banco do Brasil
  • Agência 1634-9
  • Conta corrente: 17.031-3

- Você pode também doar alimentos para os animais, medicamentos de uso veterinário (principalmente vermífugos, vacinas, produtos contra pulga e sarna). Essas doações podem ser feitas por qualquer pessoa ou empresa, independentemente de ser ou não sócio da A4-PB.

- Nunca solicite a carrocinha para acolher o seu animal, ou socorrer um animal de rua, porque num período de 72 horas ele será sacrificado, independentemente do seu estado de saúde.



 

Faça sua parte!

TODOS NÓS SOMOS RESPONSÁVEIS
É cada vez mais freqüente o número de pessoas que compra animais e depois os doam às ONGs responsáveis, ou, simplesmente, os entregam à carrocinha.Infelizmente, o comércio de animal é conduzido de maneira irresponsável, visando apenas o lucro...
Mais >>

DENÚNCIE MAUS-TRATOS AOS ANIMAIS
Toda pessoa que seja testemunha de atentado contra animais pode e deve comparecer à delegacia mais próxima e lavrar um termo circunstanciado, espécie de Boletim de Ocorrência (BO), citando o artigo 32 “Praticar ato de abuso e maus-tratos animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos, da Lei Federal de Crimes ambientais 9.605/98. Caso haja recusa do delegado, cite o art. 319 do Código Penal...
Mais >>

©2007 ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DOS ANIMAIS ABANDONADOS DA PARAÍBA
HOMEOBJETIVOSA4NECESSIDADESAJUDE!